Site Autárquico Loulé

Caderno do Arquivo sobre construção do Monumento Engº Duarte Pacheco apresentado em Loulé

Caderno do Arquivo sobre construção do Monumento Engº Duarte Pacheco apresentado em Loulé

Cultura

08 de novembro de 2013

“A Consagração Nacional de Duarte Pacheco – A Construção do Monumento de Loulé”, de Jorge Filipe Palma, é o título do Caderno do Arquivo nº 8, que será apresentado no próximo dia 16 de novembro, pelas 15h00, no Arquivo Municipal de Loulé.

 

Duarte José Pacheco foi um dos mais destacados ministros que integraram os Governos de Oliveira Salazar, apesar de se ter dedicado à causa pública apenas durante duas décadas. Vítima de acidente de viação aos 43 anos de idade, deixou a sua marca impressa por todo o país, através da obra realizada.

 

Natural de Loulé, Duarte Pacheco foi alvo de destacada homenagem na sua terra natal, dez anos após o falecimento, através da inauguração de um monumento pelo chefe de Governo, Salazar. Trata-se de um dos mais conhecidos monumentos existentes no Algarve, cujo processo de edificação se prolongou por uma década.

 

O presente livro pretende assim contribuir para o conhecimento e clarificação do processo de conceção e concretização desta notável infraestrutura, importante peça do património arquitetónico da cidade de Loulé, analisado o percurso efetuado para a sua ereção, balizado numa cronologia que se inicia com o surgimento da ideia em 1943 e termina em 1953, data da sua inauguração.

 

Jorge Filipe Maria da Palma nasceu em Loulé em 1978, tendo frequentado os ensinos básico e secundário na mesma localidade.

Licenciou-se em Engenharia do Ambiente na Universidade do Algarve e obteve uma pós-graduação em Higiene e Segurança no Trabalho. É mestrando em História do Algarve no mesmo estabelecimento de ensino. É técnico superior na Câmara Municipal de Alcoutim desde 2003.

 

Desde cedo despertou interesse pela investigação da história local, nomeadamente sobre a sua terra natal, tendo desenvolvido pesquisas em vários arquivos nacionais. Em 2003 e 2004 integrou a Comissão Organizadora dos 450 Anos da Mãe Soberana – Loulé e desde 2007 é membro da Comissão Municipal de Toponímia de Loulé.

 

É autor de várias publicações, com destaque para os livros “Dicionário Toponímico da Cidade de Loulé” (2009), “Os Paços do Concelho de Alcoutim no Centenário da República” (coordenação,2010) e “A casa do capitão-mor de Alcoutim – subsídios para a sua história” (2012). Colaborou igualmente nos “Anais do Município de Faro” (Vols. XXXVI e XXXVII).