Site Autárquico Loulé

O Documento Que Se Segue, por Miguel Côrte-Real

D. Leonor de Ataíde: a fidalga algarvia (certamente de Loulé) que se tornou Rainha das Maldivas nos meados do século XVI – Um caso excepcional de multi-culturalismo na Expansão Portuguesa

17 de fevereiro de 2018

15h00

Arquivo Municipal de Loulé

Org.: Câmara Municipal de Loulé

 

Multi-culturalismo na Expansão Portuguesa

 

Desde 1863, com a publicação nas Cenas Inocentes da Comédia Humana do conto “A Rainha das Maldivas”, de Camilo Castelo-Branco, que foi divulgado a existência de uma portuguesa no rol das consortes dos monarcas das Maldivas. Apesar do meritório esforço de investigação levado a cabo pelo grande escritor para revelar o seu nome, tal não foi possível, pelo que a sua identidade se manteve incógnita até hoje. Com esta conferência dá-se a conhecer o documento que revela o seu nome e filiação, ao mesmo tempo que se apresentam outros dados histórico-genealógicos que permitem enquadrar a sua origem geográfica e o seu estatuto socioeconómico como fidalga algarvia muito provavelmente natural de Loulé.

Local do evento