Site Autárquico Loulé

Recomendações para a Prática de Birdwatching

Tal como em qualquer outra atividade ao ar livre e realizada em meio natural, também na prática de birdwatching existem algumas recomendações a seguir:


• Seguir sempre pelo trilho indicado;

• É imprescindível evitar perturbar as aves e os seus habitats.

• Não circular com veículos fora de estradas e caminhos destinados a esse fim;

• Depositar sempre os seus desperdícios em local próprio (levar consigo se não existir);

• Respeitar sempre os bens e propriedades privadas;

• Ao visitar uma Área Protegida, colabore com a conservação dos seus valores naturais e culturais e siga sempre as instruções dos serviços de vigilância;

• Evitar valas, poços ou locais com águas profundas;

• Evitar animais perigosos ou outras situações que possam pôr em risco o observador;

• Evitar áreas que possam danificar o material e principalmente que possam provocar quedas;

• Utilizar sempre vestuário adequado à época do ano e calçado apropriado (p.ex.: botas de marcha confortáveis). Não se esqueça de utilizar um boné para proteger do sol;

• Tenha sempre água consigo;

• É recomendável a utilização de binóculos ou telescópio. Os binóculos mais aconselhados são geralmente os que têm uma ampliação entre 8x e 10x;

• Utilizar telescópios para a observação de aves no mar, estuários ou outras situações de distâncias consideráveis;

• Utilizar telescópios para a observação a curta distância quando se pretende observar grandes bandos de aves como gaivotas ou limícolas;

• Para uma observação de aves mais confortável, utilize um tripé;  

• Ter algumas noções sobre a posição da luz durante o dia e a influência que esta pode ter sobre as observações pode ser também bastante vantajoso;

• Trazer um caderno de campo é sempre útil para quem gosta de anotar os pormenores das aves observadas.

• Escolher de preferência dias sem chuva e sem vento para observação de aves, uma vez que a sua atividade depende muito destes fatores;

• Observar, de preferência, de manhã cedo e ao fim da tarde. São as melhores alturas do dia, em que as aves estão normalmente mais ativas;

• Não esquecer que existem aves que são uma exceção a este comportamento (ex.: limícolas) por se alimentarem ao ritmo do ciclo das marés;

• Manter um comportamento responsável como ornitologista e observador: seja discreto e silencioso.