Site Autárquico Loulé

“Professor do Ano” distinguido pela Casa das Ciências leciona na Secundária de Loulé

Hélder Pereira

Educação

19 de dezembro de 2018

Hélder José Rodrigues Pereira, docente da Escola Secundária de Loulé, foi distinguido esta segunda-feira com o Prémio de “Professor do Ano 2018” da Casa das Ciências pela Fundação Belmiro de Azevedo (projeto associado à iniciativa EDULOG da Fundação Belmiro de Azevedo). A sessão de atribuição do galardão decorreu no Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões a que se associou o presidente da Aiutarquia Vitor Aleixo que quis com a sua presença sublinhar a importância estratégica de que se reveste o ensino para o atual executivo camarário.

“Professor do Ano” é a distinção atribuída pela primeira vez pela Comissão da Casa das Ciências a um professor em reconhecimento do seu mérito como docente do ensino básico ou secundário das ciências e da sua disponibilidade de partilhar a sua experiência com os colegas.m

Para Vítor Aleixo, esta distinção não deixa de ser também o reconhecimento da boa qualidade do ensino nas escolas do concelho de Loulé em particular no domínio das ciências exatas, o que é sempre de enaltecer e aplaudir. “A Educação tem sido uma prioridade nas políticas da Câmara Municipal de Loulé e, nesse sentido, temos dado total apoio à comunidade educativa e aos projetos que os nossos estabelecimentos de ensino desenvolvem. Congratulo-me com o prémio atribuído ao professor Hélder Pereira pelo papel interventivo e estimulante que tem tido em matéria do ensino científico”, considera o presidente da Câmara Municipal de Loulé.

Recorde-se que a Escola Secundária de Loulé volta a ver um dos seus professores distinguidos no contexto nacional, depois de, em 2010, Alexandre Costa (na altura diretor deste estabelecimento de ensino) ter recebido da parte do Ministério da Educação, o Prémio Nacional de Professor.

 

Quem é o professor distinguido?

 

Natural de Lisboa, onde nasceu em 1974, Hélder Pereira fixou-se no Algarve em 1992, onde concluiu a licenciatura em Ensino de Biologia e Geologia e o mestrado em Gestão e Conservação da Natureza (especialização em Património Geológico) na Universidade do Algarve, respetivamente em 1997 e 2004.

É professor de Biologia e Geologia na Escola Secundária de Loulé desde 2003, onde coordena e dinamiza as atividades do Clube das Ciências da Terra e do Espaço. Tem participado com os seus alunos em diversos concursos, congressos e feiras de ciência, tanto a nível nacional como internacional, tendo os trabalhos apresentados sido galardoados com vários prémios. Em 2005, foi um dos membros fundadores da Associação para a Defesa e Divulgação do Património Geológico do Alentejo e do Algarve.

Entre 2008 e 2013 participou, como educador e comunicador de ciência, em várias missões oceanográficas, tanto a nível nacional como internacional. De entre estas missões, destaca-se o período de dois meses passados a bordo do navio JOIDES Resolution quando serviu como Education Officer, durante a Expedição 339 da Integrated Ocean Drilling Program (IODP).

É autor e coautor de vários artigos científicos publicados em várias revistas nacionais e internacionais, sendo de destacar o trabalho ‘Onset of Mediterranean outflow into the North Atlantic’, publicado em 2014, na prestigiada revista Science. É ainda autor e coautor de vários trabalhos na área do ensino, da divulgação e da promoção das ciências, destacando-se o livro “Histórias gravadas nas rochas – Guia de campo: à descoberta das rochas e fósseis em Loulé”.

Com o objetivo de promover o ensino experimental das ciências tem, desde o ano 2000, dinamizado ações de formação para professores e desenvolvido diversos materiais didáticos (alguns dos quais partilhados através da “Casa das Ciências”), baseados na utilização de dados científicos reais na sala de aula. Enquanto docente da Escola Secundária de Loulé, tem ainda participado e coordenado diversos projetos nacionais e internacionais (Comenius, Erasmus+, Ciência Viva no Verão, entre outros). É coordenador do projeto UNESCO na Escola Secundária de Loulé desde setembro de 2018. É membro do Committee on Education da European Geosciences Union (GU) desde outubro de 2018.