Site Autárquico Loulé

5 municípios do Algarve Central apresentam em Loulé novo projeto de programação cultural em rede

5 municípios do Algarve Central apresentam em Loulé novo projeto  de programação cultural em rede

Cultura

02 de março 2020

No dia 2 de março, pelas 18h30, no Auditório do Solar da Música Nova, em Loulé, é apresentado publicamente o projeto “Central Artes – Programação Cultural em Rede”, uma iniciativa conjunta de cinco municípios do Algarve Central (Loulé, Albufeira, Faro, Olhão e Tavira) no seguimento de uma candidatura realizada ao CRESC Algarve 2020 (Programa Operacional Regional do Algarve), instrumento financeiro, com fundos comunitários, que visa o apoio ao desenvolvimento do Algarve.

O CRESC 2020 tem como objetivo mobilizar a região para um desenvolvimento equilibrado, afirmando o Algarve como uma região mais competitiva, mais resiliente, empreendedora e sustentável reforçada com base na valorização do conhecimento. A referida candidatura, então formalmente intitulada “Promoção Turística e Eventos Culturais – Algarve Central” e liderada pelo Município de Loulé em parceria com os outros quatro municípios já aludidos, enquadrou-se na medida 6.3 – Conservação, Proteção, Promoção e Desenvolvimento do Património Cultural e Natural – Promoção Turística e Realização de Eventos Culturais do referido programa de apoio e prevê a implementação de um programa de oferta cultural em rede envolvendo os cinco municípios durante dois anos (2020 e 2021) e explorando diversos quadrantes das artes performativas, com direção artística, conteúdos e produção a cargo das empresas Eventors’Lab e Spira – Revitalização Patrimonial. A programação a apresentar tem como mote a “Cultura da Sustentabilidade”.

A oferta cultural inclui espetáculos de reconhecido valor internacional e nacional, privilegia a formação/mediação criativa e a interação com o público através da realização de múltiplos workshops, e envolve ativa e diretamente as comunidades locais nos processos performativos através da apresentação de novas criações em que as mesmas participam nos próprios espetáculos.

Esta programação, de acesso gratuito em todos os municípios, será dinamizada quer em espaços indoor, nomeadamente (mas não só) em auditórios e teatros dos respetivos concelhos (Cineteatro Louletano, Teatro das Figuras em Faro, Auditório Municipal de Olhão e Auditório Municipal de Albufeira), quer em contextos exteriores diversos, de acordo com a natureza e formato de cada espetáculo. O arranque do programa acontecerá já nos dias 12, 13 e 14 de março com vários workshops de construção de instrumentos/produção de som (a partir de vegetais dos mercados locais) dirigidos à comunidade e a cargo da internacionalmente reconhecida The Vegetable Orchestra, a realizar em Albufeira, Loulé, Olhão, Faro e Tavira. O prestigiado grupo apresentará também um espetáculo – que marca a abertura deste projeto de programação em rede – no Mercado da Ribeira, em Tavira, a 14 de março pelas 21h30.

Pretende-se com este projeto – e na linha do “Movimenta-te”, ocorrido em 2011 e 2012 no Algarve igualmente numa lógica de cooperação intermunicipal – fomentar e aprofundar práticas colaborativas entre os vários membros envolvidos, a circulação de espetadores no território e uma maior diversificação da oferta cultural, a pensar não só na população residente mas também nos diversos segmentos ligados ao turismo cultural, de modo inclusive a combater a sazonalidade e a consolidar gradualmente o Algarve como uma região turística de eleva notoriedade. 

Para mais informações os interessados podem contactar o Cineteatro Louletano pelo telefone 289 414 604 (terça a sexta-feira, das 13h00 às 18h00) ou pelo email cinereservas@cm-loule.pt. Além disso, podem consultar a sua página de facebook – www.facebook.com/cineteatrolouletano ou o seu renovado website http://cineteatro.cm-loule.pt, ambos em permanente atualização, bem como a sua conta no instagram (cineteatrolouletano).