Site Autárquico Loulé

Câmara de Loulé distribui máscaras comunitárias a habitantes de bairros sociais e idosos do concelho

Câmara de Loulé distribui máscaras comunitárias a habitantes de bairros sociais e idosos do concelho

Autarquia

05 de junho 2020

A Câmara Municipal de Loulé está neste momento a distribuir máscaras têxteis sociais reutilizáveis aos seus munícipes, nomeadamente à população que se encontra numa situação de maior fragilidade social, como é o caso dos idosos ou de quem enfrenta dificuldades económicas.

As máscaras foram desenhadas e concebidas com a colaboração técnica de Isabel Palmeirim, diretora do Mestrado Integrado em Medicina da UALG, garantindo as normas de segurança apropriadas à prevenção da COVID-19, em mais uma ação conjunta do Município de Loulé e o ABC – Algarve Biomedical Center.

A execução esteve a cargo das três costureiras do ateliê da Câmara Municipal de Loulé e de sete profissionais que se juntaram à equipa, nas últimas quase três semanas, estando a produzir diariamente cerca de 120 máscaras.

Nesta fase inicial, as máscaras serão distribuídas a todos os que recorreram à Linha Loulé Solidário durante a crise sanitária, e que deixaram o seu registo nos serviços de Ação Social, mas também aos beneficiários das refeições escolares, refeitório social e cabazes alimentares. Serão igualmente entregues nos bairros sociais das cidades de Loulé e Quarteira, fogos de habitação social de Salir e nalgumas outras comunidades que vivem em zonas dispersas.

Uma vez que os idosos fazem parte dos grupos de risco e, consequentemente, um dos focos de preocupação dos responsáveis municipais, a Autarquia irá ainda aproveitar os registos do programa GeoEmergência que permitiu, na fase inicial da COVID-19, identificar e contactar os idosos que vivem isolados, sobretudo no extenso território da Serra do Caldeirão, para que também estas pessoas tenham acesso às máscaras comunitárias.

De referir que as máscaras são acompanhadas por um folheto informativo, um guia de instruções deste equipamento de proteção individual onde constam indicações sobre a forma correta de manuseamento, limpeza e manutenção.

Nesta primeira fase serão distribuídas 2500 máscaras, mas a produção irá continuar, de forma a poder alcançar um maior número de pessoas em todo o concelho, no futuro próximo.