Site Autárquico Loulé

DIA NACIONAL DA ÁGUA: AUTARQUIA DE LOULÉ ELIMINA PLÁSTICO NOS EDIFÍCIOS MUNICIPAIS

DIA NACIONAL DA ÁGUA: AUTARQUIA DE LOULÉ ELIMINA PLÁSTICO NOS EDIFÍCIOS MUNICIPAIS

Ambiente

02 de outubro 2020

No âmbito das comemorações do Dia Nacional da Água, que se assinalou esta quinta-feira, 1 de outubro, a Câmara Municipal de Loulé anunciou que já arrancaram os trabalhos para a total substituição dos dispensadores de água com garrafão existentes nos diversos edifícios autárquicos e implementação de uma centena de equipamentos que contribuirão para diminuir o consumo de plástico e proporcionar, aos colaboradores e munícipes, água proveniente da rede municipal.

Também neste Dia Nacional da Água, o Cineteatro Louletano disponibilizou na sua página de facebook o documentário “Poder da Água Pura”, produzido pela National Geographic, que segue a vida de três mulheres e suas famílias e proporciona uma perspetiva em primeira mão sobre os desafios diários do acesso à água potável.

 “A água é um dos recursos naturais mais afetados pelas alterações climáticas. É urgente geri-lo de forma mais eficiente e todos nós temos um contributo importante a dar. É, assim, essencial adotar uma nova cultura do uso da água, com medidas e comportamentos pró-ativos que promovam a sua gestão sustentável, com reduções significativas do desperdício no sector urbano, aumentando a sua eficiência através da redução de perdas, como também da diminuição de energia utilizada na sua produção e transporte, o que consequentemente conduzirá a benefícios económico-financeiros”, realça o presidente da Autarquia de Loulé, Vítor Aleixo.

Recorde-se que, para enfatizar o seu compromisso com esta missão, a Autarquia de Loulé tem em curso, desde 2018, a campanha “Aqui cuidamos da Água”, que pretende sensibilizar a população para a necessidade premente de poupar água e utilizar este recurso de forma racional.

Paralelamente outras iniciativas têm sido levadas a cabo em todo o Concelho no que respeita à boa gestão e poupança de água: colocação de espécies de flora autóctone nos espaços verdes públicos, bem adaptadas às condições locais; rega, de alguns espaços verdes da cidade de Loulé e de todos os talhões das Hortas Sociais de Loulé, com reutilização de água de nascente das Bicas Velhas; distribuição gratuita, pelos seus munícipes, de redutores de caudal para as torneiras e instalação dos mesmos em diversos locais e espaços públicos; aumento das áreas verdes ligadas a um sistema de rega inteligente que impede a rega nos dias em que ocorre precipitação e que facilita, por exemplo, a deteção de fugas, redução das perdas, programação do tempo e hora das regas tendo em conta a altura do ano ou as condições meteorológicas do dia em questão; reduções superiores a 93% do período de funcionamento das fontes artificiais existentes no concelho; redução das lavagens de viaturas da frota municipal; rega realizada a partir da reutilização de água residual tratada em espaços verdes na Quinta do Lago; distribuição de materiais de informação/sensibilização; entre outras.

Refira-se que o Município de Loulé se encontra, neste momento, a desenvolver o seu Plano Municipal de Contingência para períodos de Seca, ferramenta que visa minimizar os riscos e os danos provocados pelas diferentes tipologias de seca, e garantir a gestão preventiva dos recursos associados, em linha com o definido na Estratégia Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas de Loulé.