Site Autárquico Loulé

MUNICÍPIO DE LOULÉ “BISA” NOS PRÉMIOS ODSLOCAL

MUNICÍPIO DE LOULÉ “BISA” NOS PRÉMIOS ODSLOCAL

Ambiente

03 de novembro 2023

A Câmara Municipal de Loulé recebeu esta sexta-feira, 3 de novembro, dois Prémios ODSlocal, um pelo conjunto das suas ações em prol das metas traçadas na Agenda 2030 das Nações Unidas, e outro na subcategoria de “Boa Prática Individual”, com o projeto Aspirante Geoparque Algarvensis Loulé-Silves-Albufeira. A entrega dos galardões decorreu em Viana do Castelo, durante a Conferência “ODSlocal ‘23: das Metas às Soluções”.

Estes prémios visam escolher projetos que se destacam pelo impacto positivo demonstrado no terreno, pela capacidade de inspiração e pelo elevado potencial de replicabilidade.

Pretendem dar visibilidade aos municípios que executem o melhor conjunto de boas práticas de todos os âmbitos da sua atuação, através de ações, programas, políticas promovidas pela própria autarquia e pelos seus serviços, e que contribuam para os ODS, com a “acumulação” de boas práticas, em número e em diversidade.

Ao lado de Matosinhos e Torres Vedras, Loulé foi uma das três autarquias portuguesas distinguidas por um trabalho que nasceu há quase uma década e que tem sido pioneiro em muitas áreas do desenvolvimento sustentável. No total, são 130 boas práticas mapeadas, 76 projetos e 234 indicadores neste território, e que estão identificadas na Plataforma ODSlocal.

E, de acordo com o júri destes prémios, uma dessas práticas, mapeada no Portal, e que tem um impacto particularmente positivo para a concretização das metas dos ODS, é o Aspirante Geoparque Algarvensis Loulé-Silves-Albufeira a Geoparque Mundial da UNESCO. Este projeto integra uma área territorial com limites bem definidos, que possuindo um património geológico de grande relevo a nível nacional e internacional, alia uma estratégia de geoconservação e um conjunto de políticas de educação e sensibilização ambiental, à promoção de um desenvolvimento socioeconómico sustentável baseado em atividades de geoturismo, envolvendo as comunidades locais, contribuindo para a valorização e promoção dos produtos locais. O Aspirante Geoparque Algarvensis é um território identitário, inspirador, transformador, de pertença, que convida a visitar, fixar e investir, de forma consciente e em harmonia com os valores naturais e culturais presentes. É, em suma, uma maneira feliz de estar e de viver o território, legando-o às gerações vindouras e que se enquadra na perfeição naqueles que são os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

“Estamos muito felizes com mais estas duas distinções no âmbito da sustentabilidade, uma delas que vem valorizar o vasto trabalho do Município numa área fulcral para o futuro do Planeta, e outra que é um projeto estratégico intermunicipal, o Aspirante Geoparque Algarvensis Loulé-Silves-Albufeira. Neste momento é importante reforçar esta parceria dos três municípios para trilhar e trazer uma nova dinâmica a este território, através de uma abordagem holística, tendo sempre presente um desenvolvimento harmonioso e sustentável”, refere o autarca de Loulé, Vítor Aleixo.

Recorde-se que os Prémios ODSlocal são uma parceria entre o Conselho Nacional do Ambiente e do Desenvolvimento Sustentável (CNADS), o OBSERVA (ICS-Universidade de Lisboa), o MARE (Universidade Nova de Lisboa) e a 2adapt, e contam com o apoio da Fundação “la Caixa”.

 

Multimédia0